Bate-blog: Sobre Nolan e um pouco de Yates

inception-christopher-nolan-and-leonardo-dicaprio-12-4-10-kcAchei interessante você responder a própria pergunta e, após, dar uma resposta diferente, mas eu continuo com Christopher Nolan como o diretor que merece muito mais destaque do que ele já tem. Diferente do que aqueles que se consideram os únicos inteligentes no mundo, um filme bom não é apenas uma sequência estilosa e única, mas um filme que combine tudo isso com uma arrecadação estrondosa, pois, não importa o quanto um diretor é bom, as produtoras vão sempre rejeitá-lo se o filme arrecadar menos do que custou para ser feito. Acho que o maior exemplo em 2010 dessa união fundamental foi CISNE NEGRO (com arrecadação surpreendente, a propósito), colocando um filme independente na lista de maiores bilheterias e na concorrência de melhor filme e diretor na Academia. Quem disse que os velhotes do cinema rejeitam o que a maioria aprova?

Uma prova que o mundo do cinema não é o arco-íris da felicidade que muitos pensam, Nolan saiu de diretor promisor em AMNÉSIA para diretor respeitado pelo estúdio após ter convencido a Warner que valia a pena reiniciar a história de Batman (embora, a produtora estivesse bem descrente, ainda mais com um diretor conhecido num circuito de cinéfilos bem fechado) e ter levado todos os fãs para ver BATMAN BEGINS e qualquer ser vivente para O CAVALEIRO DAS TREVAS, que, num clima de homenagem, foi bem maior do que seria se Heath Ledger não tivesse falecido. Responsável pela maior bilheteria de um ano sem concorrência (SEX AND THE CITY ficou em 2º lugar, lembram?), Nolan conquistou a autonomia que precisava para fazer A ORIGEM.

Eu acho o James Cameron superestimado. Não como diretor, mas como roteirista. AVATAR é lindo de ver, mas se mais de uma pessoa prefere ver os extras ao filme, tem alguma coisa errada aí. E o enredo de AVATAR deixa muito a desejar. O Blu-Ray triplo dele é o máximo, entretanto.

Eu nunca vi nada do Michel Gondry e continuo não querendo, com todo respeito a seus fãs. Também nunca vi nada do Todd Haynes, mas, acho que o David Yates vai conseguir permissão fácil para o que ele quiser fazer agora. Espero que seus dois últimos filmes apaguem de seu histórico sua deficiência com finais empolgantes.

Na minha opinião os 10 melhores filmes de 2010 são esses. Lembrando que, no Brasil, CISNE NEGRO estreou em 2011, por isso não aparece entre TOY STORY 3 e A REDE SOCIAL.

Raphael

Bate-blog #1 – O Cinema em 2010

Esta entrada foi publicada em 24 quadros por segundo, bate-blog com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

3 respostas a Bate-blog: Sobre Nolan e um pouco de Yates

  1. Pingback: Rosebud é o Trenó! | O blog pra quem sabe que Norman Bates é a mãe, o Bruce Willis está morto no final, Tyler Durden é coisa da sua cabeça e, claro, Rosebud é o trenó!

  2. Pingback: Rosebud é o Trenó! | O blog pra quem sabe que Norman Bates é a mãe, o Bruce Willis está morto no final, Tyler Durden é coisa da sua cabeça e, claro, Rosebud é o trenó!

  3. Marcos diz:

    Sex and the City foi apenas a 11ª bilheteria de 2008. A segunda colocada foi Iron Man.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s