Capas pra que te quero!

miranda-kerr-rolling-stone

Esse mês algumas revistas começaram a usar a tática do jornal “Meia Hora” pra vender – mulher pelada na capa. A Rolling Stone colocou a modelo Miranda Kerr (googlei pra saber quem era) estampada para representar a  “Edição Verde”. Ecologia, pra quem não sabe, significa pouca roupa.

bar-refaeli-esquire

Já a Esquire colocou a modelo Bar Refaeli (também recorri ao Google) com um conto de Stephen King escrito em seu corpo. A relação entre os dois é que deve ser o mais novo mistério do autor.

depp55

A Vanity Fair vem com Johnny Depp na capa, na esteira do lançamento de INIMIGOS PÚBLICOS. Achei essa capa esquisita, com esse close gigante como se estivéssemos lendo a revista Amiga no início dos anos 80. Dá pra contar cada poro no rosto dele.

bruno-marie-claire

A melhor capa de todas, quem diria, é a da Marie Claire. Junta o espetáculo que é Alessandra Ambrósio com Brüno, o personagem de Sacha Baron Cohen que ainda vai dar muito o que falar. Na entrevista com ele, sobra pra Madonna, Naomi Campbell e, num risco calculado pela Marie Claire, até para a toda-poderosa Anna Wintour (‘ela parece um travesti pré-operatório’).

Esta entrada foi publicada em Just Shoot Me! com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s