Fotógrafos: David LaChapelle

Misturando o pop com o onírico, David LaChapelle consegue tirar da celebridade mais manjada uma pose, olhar ou situação totalmente inusitada, porém marcante. Quando não trabalha com rostos conhecidos, tende a misturar o clássico ao popular, o sério ao engraçado, o sagrado ao profano – sem o menor pudor. Suas fotos usam a computação gráfica de forma inteligente, onde há sempre um aspecto lúdico em que não se sabe onde termina a a imagem e começa a manipulação – apesar de que para LaChapelle, imagem é manipulação. Clicando abaixo, os trabalhos que mais gosto desse fotógrafo espetacular. Algumas são NSFW!

lachapelle4

Para mim, LaChapelle tem um talento especial para criar ambientes ultra-imaginativos para situar seus modelos. O efeito mais impactante de seus trabalhos é colocar os rostos mais conhecidos do mundo em situações incomuns – daí o duplo aspecto da maioria de suas fotos: mesmo sendo extremamente artificiais, as imagens revelam um lado desconhecido das celebridades. Uma das mais divertidas é a de Ewan McGregor sofrendo na mão de uma bonequinha revoltada – o supra-sumo do kitsch.

2511225858_7d095ae35d

Juntar Marilyn Manson a crianças não parece ser uma idéia muito boa, mas se ele tiver que lidar com pentelhos infernais até que não é tão ruim. Exemplo interessante de como LaChapelle consegue inverter o estereótipo da situação e do fotografado, mesmo que ache um ponto em comum entre ambos.

09

Algumas vezes, ao invés de subverter as situações, LaChapelle simplesmente as exagera, como mostrar Faye Dunaway no meio de fãs desesperados.

bavanity9

Outro exemplo é ter Kanye West como um revolucionário ‘pop’.

lachapelleheaventohell

Ninguém fotografa sex-symbols como LaChapelle, e as soluções achadas pelo artista para representar as mulheres mais desejadas do planeta passam longe dos clichês das revistas de moda. Um bom exemplo é o editorial feito com a Madonna da fase do disco ‘Ray of Light’ para a Rolling Stone , em que a cantora era representada em meio a um universo meio indiano, meio fantástico.

3266529849_85d31e0ee6

Outra foto ótima é uma Shakira gostosona fazendo pode pra ser devorada por uma planta carnívora gigante.

barone3-28-07-2

A mais criativa de suas fotos sexy é a de Drew Barrymore como uma garçonete safadinha mostrando o seio – que é curiosamente parecido com as tortas em volta dela. Tudo na foto, portanto, é comestível.

2388795617_b8c73345e2_o

Como maior sex symbol desta década, Gisele também foi bastante clicada por LaChapelle. Uma série de fotos famosa realizada por ele é a que (curiosamente) mostra a modelo como símbolo dos EUA.

3357139972_a1fb89bbce

Uma das fotos mais conhecidas de LaChapelle é a de Angelina Jolie e sua bocona. A boca de Jolie é um fetiche em si, e lembro de poucas imagens que mostram algo tão próximo do êxtase sexual de forma tão simples.

artwork_images_424658918_249638_david-lachapelle

No entanto, a minha foto favorita de David LaChapelle com uma pessoa famosa é a de Daniel Day-Lewis. Aqui, o estilo facilmente reconhecível do fotógrafo se esconde por trás de uma simplicidade religiosa, mas também com uma carga erótica inegável.

2390577942_7f57938da7_o

Falando em religiosidade, LaChapelle adora brincar com o imaginário cristão. Prova disso é o seu polêmico livro Heaven to Hell, onde a capa já diz tudo – Courtney Love é uma Virgem Maria junkie numa versão pós-moderna da Pietá.

3357143898_1f369483a1

O livro representa passagens famosas da Bíblia com figuras simbólicas do Cristianismo ‘modernizadas’, todas com a iluminação e as cores inconfundíveis usadas por LaChapelle.

artwork_images_424157556_176230_david-lachapelle

heaven-to-hell-david-lachapelle

lachapelle_cathedral

O fotógrafo também causou rebuliço ao retratar de forma ‘chic’ uma modelo fingindo cheirar cocaína.

1828470907_b8ec6fe1c2

Em outros trabalhos, La Chapelle às vezes me lembra Almodóvar ao retratar figuras de um submundo que pertence praticamente a um universo paralelo, mas sem julgá-las – seu olhar é de admiração e fascínio.

david_lachapelle_03

Se o trabalho de LaChapelle depende bastante de uma estética pop, isso não impede o fotógrafo de criticá-la através de hipérboles visuais, como a destruição causada por uma lata gigante de Coca-Cola.

3357141490_fd6e7cf8d7

Pra terminar, uma foto louquíssima que eu adoro – o estilista Alexander McQueen como um piromaníaco medieval super-fashion. Até hoje tenho guardadinha a Vanity Fair com essa imagem, uma das primeiras que me chamou a atenção para o estilo de LaChapelle.

davidlachapelle1

Embora os mais apressados digam que David LaChapelle pode ser considerado um dos herdeiros de Andy Warhol, acredito que o artista ainda tem muito o que produzir antes de julgarmos o seu trabalho de forma definitiva. Mesmo assim, acredito que ele já deu provas de seu inimitável talento.

Esta entrada foi publicada em Just Shoot Me! com as etiquetas , , , , , , , . ligação permanente.

3 respostas a Fotógrafos: David LaChapelle

  1. Isadora diz:

    Sempre ouvi falar no nome de David Lachapelle, mas desconhecia seu trabalho. Esta página sobre ele é incrível!!! O cara é demais, uma pena não ter conhecido antes!!🙂

  2. Fernando diz:

    Realmente Chapelle é muito bom. Estou conhecendo o trabalho dele e as cores e luzes me chamaram muita atenção. O Post ficou muito bom. parabéns pela síntese.

  3. Pingback: Click, o tempo parou « Você que é feito de azul

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s