Top 10 – Melhores séries de tv

Para casar com o meu texto publicado essa semana no Movimento Seinfeld, resolvi fazer um top dez  das minhas séries  favoritas. Não sou especialista como alguns, no entanto já vi programas que realmente me deixavam grudados na TV (e hoje me deixam grudado no computador).

No momento, comecei a companhar algumas séries que estou adorando como BSG, DOLLHOUSE (cada vez melhor) e THE WIRE (estou totalmente viciado nessa). Mas como eu ainda não vi episódios suficientes, não dá pra colocar ainda no Top Ten. As que escolhi são as mais consolidadas, aquelas (seja em drama ou comédia) que você consegue citar os diálogos ou cujas cenas  não saem da cabeça.

10 – FRIENDS

g8q6q6p_large

Difícil pensar em uma série de comédia em que os atores tenham tanta química. O mais interessante de FRIENDS pra mim é como cada ator tinha chance de brilhar, e isso se deu até mesmo no interesse do público pelos personagens. No início do sucesso, Chandler monopolizava, todos o amavam. Depois veio a fase Phoebe  (especialmente pós-smelly cat), a fase Joey, e finalmente a fase  Rachel. Ross sempre estava associado à Rachel, e ia na esteira do sucesso. Só acho pena Monica não ter tido a sua fase de favorita, já que eu a considerava a personagem mais interessante, além de Courteney Cox ser a melhor atriz da série.

Cena marcante: Os episódios de ‘Dia de Ação de Graças’ sempre foram os melhores, mas esse aqui com a partida de futebol americano até hoje me faz chorar de rir.

9- ALIAS

rs889

Uma nova  abordagem para a ‘femme fatale’, dessa vez na pele da espiã  sexy Sydney Bristow, vivida pela ótima Jennifer Garner (que podia passar de ‘moça frágil’ a ‘arma mortal’ em segundos). Os roteiros faziam com que Bristow, à la James Bond, viajasse pelo mundo combatendo bandidões, mesmo que ela soubesse que a organização onde ela trabalhava não era o que parecia. Além do mais, foi uma das poucas séries de ação em que uma história de amor não parecia forçada – Bristow e Vaughn (Michael Vartan) foi um dos casais mais charmosos da TV. Tudo bem que ajudou os dois namorarem na vida real. Mesmo que depois da 4a temporada tenha ficado meio perdida, ALIAS ainda assim continuou empolgante.

Cena marcante: No melhor final de temporada da história da TV, descobrimos que Sydney ficou inconsciente por dois anos(!),período em que muita coisa aconteceu – inclusive o casamento de Vaughn com outra!

8- SIX FEET UNDER

six-feet-under-six-feet-under-357765_308_396

O dia-a-dia de uma família pra lá  de problemática administrando uma casa funerária pode não parecer a melhor idéia para uma série de TV tragicômica. No entanto, Alan Ball em SIX FEET UNDER conseguiu a mistura perfeita entre o mórbido, o emocional, e o engraçado. Todo o elenco era fenomenal, num dos melhores ensembles da história da TV. O destaque, pra mim, ficava na qualidade das atuações femininas: Rachel Griffiths nunca esteve melhor, Frances Conroy tinha a melhor personagem (uma dona de casa de meia idade cheia de desejos sexuais reprimidos) e Lauren Ambrose lidou com o típico papel da ‘adolescente problema’ de forma totalmente original. Ao mesmo tempo em que você adorava ver o cotidiano da família Fisher, você também ficava feliz por não fazer parte dela.

Cena marcante: Sempre gostava das cenas de jantar da família, onde os diálogos mais inesperados da série aconteciam. Esse aqui, com Nate drogado, é um exemplo ótimo.

7- ALLY MCBEAL

isfeminismdead

Como as minhas noites eram mais felizes quando eu via ALLY MCBEAL! Outra série que perdeu o rumo até não fazer o menor sentido, mas houve uma fase em que TODOS os episódios eram excelentes. E antes de todo mundo querer ser quirky, Calista Flockhart já dava aula. Havia uma abordagem muito original em relação à lei e à advocacia, seja nos casos bizarros ou nos métodos usados no tribunal. O elenco de coadjuvantes era afiadíssimo, mas a melhor de todas era Tracey Ullmann como a analista  de Ally. E houve série que melhor soube usar a trilha-sonora?

Cena marcante: As melhores cenas da série eram aquelas dentro do famoso banheiro unissex. Dentre as coisas mais divertidas que ocorriam ali, a dancinha de John Cage & cia foi insuperável.

6- MAD MEN

6a00d83451c17f69e200e55298700d8833-350wi

escrevi bastante o que acho de MAD MEN. A série é um exercício de sutileza, onde a força do não-dito e da crítica social dá o tom. A atmosfera hedonista em que a maioria dos personagens habita (sexo! álcool! cigarro!) é um disfarce para a triste vida  que levam, como se fosse mais uma campanha publicitária criada pela agência Sterling Cooper. Estou seco pra começar a terceira temporada!

Cena marcante: Num mar de personagens maravilhosos, Peggy (Elizabeth Moss, que deveria ganhar todos os prêmios do mundo) consegue se destacar. A cena em que faz ‘a’ revelação a Pete talvez seja o melhor momento da TV no ano passado. One day you’re there, and then all of a sudden there’s less of you.

5- WILL & GRACE

oct231998_455_lg

Para mim, o problema com sitcoms é que elas são muito irregulares: alguns episódios são muito engraçados, mas outros acabam sendo bobinhos. WILL & GRACE é a exceção à regra. Não há um episódio da série que não seja hilário (tirando o finale, que é tristíssimo). À medida em que avançava, os roteiristas tentavam a todo custo colocar a dupla protagonista no spotlight, mas não há dúvida de que Jack e Karen roubavam TODAS as cenas. E numa das primeiras séries a ter personagens abertamente gays, era ótimo ouvir diálogos tão politicamente incorretos.

Cena marcante: Para não deixar dúvidas de que não era uma série com personagens gays, WILL & GRACE teve participações especiais de Madonna, Britney Spears, Janet Jackson e Cher. Esta última era idolatrada por Jack, que chegou a ter uma boneca da cantora e a tratava como se fosse real. No entanto, quando Jack encontra a Cher de verdade

4- 24 HORAS

jack_ew

Uma coisa é  a série ser muito boa, outra é ela ser o retrato de seu tempo. 24 HORAS vai estar  pra sempre associada à doutrina Bush e a era da ‘guerra do terror’. Jack Bauer é um dos melhores personagens da TV em muito tempo, especialmente graças ao talento de Kiefer Sutherland, dando sutileza a um papel que poderia facilmente cair na auto-paródia. A estrutura em tempo real do programa impressiona, até porque não existe um momento em que a tensão não esteja no ápice – é um clímax atrás do outro. E teve presidente fictício melhor do que David Palmer?

Cena marcante: A morte de Ryan Chapelle. Quando a série mostrou que não estava de brincadeira.

3-SEX AND THE CITY

1101000828_400

Outra série que  é praticamente um símbolo –  depois de SEX AND THE CITY o mundo veria transformado em entretenimento o que era esse tal de ‘pós-feminismo’. Infelizmente, depois de sua versão cinematográfica, a idéia de SEX AND THE CITY envolve apenas bolsas Louis Vuitton. No entanto, a série foi inovadora ao mostrar mulheres falando de sexo como nunca antes, além mostrar as diferentes facetas do empowerment feminino. Conseguia ser divertida e emocionante, mesmo também sendo disfarçadamente política.

Cena marcante: Para mostrar que não fazia concessões quando o assunto era sexo, SEX AND THE CITY coloca suas protagonistas no meio de workshop de um sexo tântrico. Até hoje, acho que foi a única que vez que um canal não pornô mostrou um homem gozando no rosto de uma mulher.

2- SEINFELD

6a00d83451f25369e200e54f56b76b8833-800wi

Até hoje eu me surpreendo com o sucesso de SEINFELD, porque o seu tão famoso humor ‘sobre o nada’ é muito incomum para um público acostumado desde sempre à mesma fórmula das sitcoms. Sua espetacularização do cotidiano, das mesquinharias e da pequenez de caráter de seus personagens deve atrair tanto porque de certa forma adoraríamos ser como eles e fazer/dizer as coisas mais horríveis sem consequências (exceto no tão criticado episódio final). Alguns episódios inteiros parecem cenas de Beckett, e nenhum programa de TV contribuiu mais para o vocabulário da língua inglesa  com expressões hilárias.

Cena marcante: Em seu episódio mais comentado, Jerry, Kramer, Elaine e George apostam quem consegue ficar mais tempo sem se masturbar. E tudo é tratado sem nem ao menos dizer a palavra – o que torna a situação ainda mais engraçada.

1- LOST

lost-men

Acho que nem Jacob conseguiria explicar como uma série de tv consegue ser tão bem produzida, escrita e atuada quanto LOST. Na superfície, é uma excelente trama de mistério e aventura (e que recentemente decidiu pra minha felicidade sair do armário ‘sci-fi’). Nas entrelinhas, é um estudo complexo sobre fé, destino, alteridade e o conhecimento científico. Cada personagem (por mais que não gostemos deles o tempo todo) é ricamente construído, com todos tendo a chance de brilhar em algum momento – e considerando a quantidade de atores, isso é um feito e tanto. A fotografia é cinematográfica e Michael Giacchino compõe uma das grandes trilhas-sonoras da história da tv. Inteligente, surpreendente, e sempre interessante, LOST é o tipo de programa que vai ser discutido, analisado e estudando por muito tempo.

Cena marcante: Apesar do episódio dessa semana ter um final bem chocante, nada vai superar “We have to go back!”

P.S.: Antes que me trucidem: eu vi alguns episódios de THE SOPRANOS e gostei, mas preciso ver mais; reconheço a importância de ARQUIVO X, mas sou muito medroso pra assistir à maioria dos episódios.

Esta entrada foi publicada em Coffee - Tv com as etiquetas , , , , , , . ligação permanente.

14 respostas a Top 10 – Melhores séries de tv

  1. Lucas B. diz:

    Ótimo post, e ótimas escolhas. Talvez, pensando um pouco rápido, meu top 10 seria assim:

    01. Six Feet Under
    02. The Sopranos
    03. Lost
    04. The Shield
    05. Mad Men
    06. Battlestar Galactica
    07. Grey’s Anatomy
    08. Friday Night Lights
    09. Arrested Development
    10. The Closer

    Claro que isso pode mudar. Ainda não vi The Wire, Gilmore Girls (inteira) e Ally McBeal.

    • Anderson diz:

      Lucas: Vc precisa ver The Wire. É impressionante a qualidade dessa série, e como é tão pouco comentada.

      Stephanie: Realmente nunca vi House simplesmente pq detesto séries médicas. As pessoas me dizem “mas é muito mais do que uma série médica”,mas mesmo assim não me atrai.

      Marcela: hahahha, aaaaaaaaamo LOST! E CSI confesso q acho meio chatinha ;-P

  2. Stephanie diz:

    O meu top 10 seria:

    01- House
    02- Law and Order SVU
    03- Sex and the city
    04- Will and Grace
    05- Cold Case
    06- Ugly Betty
    07- Brothers and Sisters
    08- 24 horas
    09- The Office
    10- E.R.

    Deixar o House de fora, só se nunca viu mesmo!rsrss

  3. Marcela Constant diz:

    Teacher, eu adoro você,mas quando vc diz que gosta dessa merda de LOST….afff…enfim, gosto é cada um no seu quadrado…
    E vem cáááá…cade o DR. HOUSE…CSI…????

  4. Leandro diz:

    Eu adorei a Lista muito boa e vi quase todas as séries que você falou com exceção de Ally McBeal,Will & Grace (isso é questão de tempo) e 24 horas que eu não assisto por pura antipatia mesmo e Seinfield eu não tenho uma opinião formada porque ainda to no 4° episódio da 1° temporada e ainda falta coisa pra cacete então até a terceira temporada eu volto num post desse que fala da série e digo o que eu achei
    =D

  5. Nem precisa dizer que sua lista beira a perfeição, ainda que não tenha visto algumas dessas séries (“Seinfeld”, “Ally McBeal”, “Will & Grace”, “Alias” e “Friends” – dessas duas últimas ainda vi alguns episódios). Minha listinha ficaria assim:

    1- LOST
    2- SEX AND THE CITY
    3- 24 HORAS
    4- SIX FEET UNDER
    5- DEXTER
    6- OS NORMAIS
    7- 30 ROCK
    8- THE CLOSER
    9- BATTLESTAR GALACTICA
    10- GREY’S ANATOMY

  6. Que lista fantástica. Também sempre preferi a Monica a todos os outros, achava a mania de limpeza dela impagável.

  7. Ana diz:

    Aguarde o final de “The Wire”… A quarta temporada foi uma das melhores coisas da tv.
    Acho que nao tem tanto burburinho (pelo menos aqui no Brasil) por que nao funciona bem num formato episoddico, voce tem que saber o contexto das coisas que as vezes foi apresentado a temporas atrás para entender completamente. E a cada temporada a serie ganha mais personagens e as vezes fica dificil acompanhar cada um.

  8. alex diz:

    nao tenho duvidas q lost é mesmo a melhor serie de todos os tempos alem do superficial e da qualidade tecnica da serie Q JA ERA MOTIVO PRA SER A MELHOR ha tambem metaforas e a serie é muito, muito profunda, sua lista esta muito boa

    obrigado por fazer justiça e colocar aquela q é a melhor serie indiscutivelmente na 1 posiçao afinal quem nunca ouviu falar q
    LOST É LOST
    PARABENS! E NAMASTE

  9. alex diz:

    (Realmente nunca vi House simplesmente pq detesto séries médicas. As pessoas me dizem “mas é muito mais do que uma série médica”,mas mesmo assim não me atrai.)
    house é a inovacao das series medicas tem humor negro e episodios fodas em uma votaco um episodio de house perdeu so pro de lost e perder pra lost é uma honra e ainda teve mais um episodio dele no top (lost teve mais 4) e alguns temas interessantes partido da relacao house e o paciente eu nao gosto de series medicas mas house é a melhor serie medica os casos sao interessantes a serie ja apareceu em varios tops de series na frente de 24 e as duas series embora uma seja de medico a outra de acao tem coisas em comum no roteiro (personagens fodas house é um bom medico jack um bom agentee outras coisas) e os dois atores interpretam muito bem , tem umas coisas meio detetive em house mas nao é chato como csi merece q seja assistida e aí vc tira suas proprias conclusoes mas eu acho q vc vai gostar… ah se vc poder me ajudar aonde vc baixa the sopranos e the wire nos sites q vou nao tem la, desde ja obrigado!

  10. Patrícia diz:

    Lost, imbatível!

  11. Patrícia diz:

    House,imperdível!

  12. Felipe Frotté diz:

    Top10 pra MIM seria assim:

    1- LOST
    2- Prison Break
    3- Band Of Brothers
    4- Dexter
    5- The Unit
    6- Friday Night Ligths
    7- 24 Horas
    8- The Wire
    9- Friends
    10- Two And a Half Man

    Algumas as quais pouco conhecidas mas de alta qualidade, não apenas no elenco mas nos dialogos e dramaticidade.
    😉

  13. Walter diz:

    Top 10 na minha opinião é:

    1- 24 horas
    2- Dr. House
    3- O mentalista
    4- Sobrenatural
    5- Smallville
    6- csi
    7- Eu a patroa e as crianças
    8- The OC
    9- Um maluco no pedaço
    10- chuck

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s