Top 50 – Videoclipes favoritos

2- Thriller (Michael Jackson) – Dir.: John Landis

michael-jackson-thriller-remake-acapella-5

Eu tenho a seguinte teoria sobre Thriller: onde quer que ele esteja passando, existe sempre uma pequena multidão pra assisti-lo. Pode ser na megastore do shopping mais chique ou na barraquinha de camelô mais fuleira – quem está passando sempre para pra assistir à obra-prima de Michael Jackson.

O poder hipnótico de Thriller reside, inicialmente, na esperteza com que lida com o tema do oculto. Indo diretamente na origem de qualquer narrativa de terror ( o  duplo atração/repulsa), o clipe transforma lobisomens e zumbis em entretenimento puro. Até aí nada de novo, pois trocentos filmes já fizeram a mesma coisa. A novidade de Thriller é colocar tudo isso misturado à música e dança, tornando o desconhecido conhecido, aproximando o nojento e sinistro do público.

O desenrolar de Thriller (um filme dentro de um clipe dentro de um sonho dentro de outro clipe) é o de uma grande paródia de filme B, e acho engraçado hoje criticarem o vídeo como sendo pouco crível, ou os efeitos exagerados. É pra ser! Thriller trabalha com todos os filmes de terror que já vimos, todas as trilhas assustadoras que já escutamos, todos os monstros com os quais já nos deparamos no escuro do cinema. E John Landis (que vinha do UM LOBISOMEN AMERICANO EM LONDRES), o papa da maquiagem Rick Baker e o grande compositor Elmer Bernstein sabiam disso. A presença de Vincent Price, aliás, é toque de mestre. Também adoro os pôsteres dos filmes de Price que aparecem quando Jackson e sua namoradinha estão saindo do cinema.

A coreografia é um caso a parte. Seria a mais famosa de todos os tempos? Acho que sim. A criatividade de fazer os passos imitarem os movimentos travados de um morto-vivo e o arrastar dos dançarinos está no imaginário de todos que assistiram ao clipe pelo menos uma vez. Mas, sinceramente, que nunca parou pra ver o clipe pelo menos mais uma vez na loja chique do shopping ou na barraquinha de camelô?

Que vídeo será melhor do que Thriller? Aguardem – em breve finalmente o meu clipe favorito de todos os tempos!!!

Esta entrada foi publicada em Clipografia com as etiquetas , . ligação permanente.

9 respostas a Top 50 – Videoclipes favoritos

  1. Wally diz:

    Por isso adoro teu blog…sempre cheio de nostálgia.

    Ciao!

  2. Silvana diz:

    Gostei da resenha !
    Parabéns !

  3. Valéria diz:

    Ufa, que alívio… pensei que só eu vivia suspirando pela versão zumbi do Michael Jackson ( aliás agora parece que ele encarnou o personagem na vida real rsrs ). Por falar em Thriller: vou dividir meu segredinho com vocês. Pelo menos uma vez por semana é sagrado – rever e tentar dançar toda a coreografia do clipe. Um dia ainda vou fazer um home video, quem topa?

  4. Ana CLaudia diz:

    Cara eu to esperando tb !
    o meu favorito até agora foi o do blur

    bj

  5. Pingback: Rosebud é o Trenó! | O blog pra quem sabe que Norman Bates é a mãe, o Bruce Willis está morto no final, Tyler Durden é coisa da sua cabeça e, claro, Rosebud é o trenó!

  6. Werlansney diz:

    Olá pessoal, estava de passada e gostei da resenha e resolvi postar tbm minha preferência. Acho o clipe da música “REMEMBER THE TIME” uma obra prima, assim como “DANGEROU” a parte em que eles dançam; E é claro ñ poderia deixar de lado “SMOTH CRIMINAL” que é um show a parte!.

  7. Joyce diz:

    Bom, eu amo Michael desde que me entendo por gente.
    Sempre que posso assisto aos seu vídeos clipes.
    não contem a ninguém, mais sempre me emociono ao ver seus clipes e “cantar” suas musicas.
    Acredito eu que não haverá, um ser na musica com a visão que Michael tinha, claro que hoje há muitos talentos, mais parem para observar que “um pouquinho daqui, um pouquinho dali”, tem alguma coisa dos passos marcantes do Michael.
    Michael será lembrado por várias gerações, sejam por seus passos ou por suas musicas, letras que falam de amor,paz, guerra.
    Que a Alma desse símbolo da musica esteja em um lugar bom, que Deus reserve para ele toda a sua Gloria.
    Não acredito nas coisas que falavam e ainda falam dele, Michael era uma pessoa pública e com dinheiro, sua alma boa seu coração bondoso, fez despertar em pessoas ambiciosas o interesse em conseguir algo através de Michael.
    Michael, não importa o que as pessoa falam de você, você para mim é uma Estela e sempre será, mesmo depois de sua morte.
    I Love You Michael.

  8. Pingback: Rosebud é o Trenó! | O blog pra quem sabe que Norman Bates é a mãe, o Bruce Willis está morto no final, Tyler Durden é coisa da sua cabeça e, claro, Rosebud é o trenó!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s